sábado, 14 de março de 2009

Grécia Antiga - Período Homérico

A Grécia é uma península banhada por três mares: mar Jônico, mar Egeu e mar Mediterrâneo. Tem a leste a Ásia Menor (atual Turquia). O litoral grego é muito recortado, formando portos naturais. Os mares que circundam a Grécia são pontilhados de ilhas e ilhotas famosas pela sua beleza natural.



Era uma região diferente daquelas habitadas pelos povos orientais que viviam em férteis planícies às margens dos grandes rios, ao passo que os gregos que ocupavam uma área muito montanhosa, tinham que trabalhar duramente um solo pobre e pedregoso para conseguir sua agricultura de subsistência.
Devido à pobreza da terra, nas pequenas áreas cultivadas formavam-se agrupamentos humanos (pequenas comunidades) separadas uma das outras por vários acidentes geográficos


Os dórios transformam a Grécia Antiga

A chegada dos dórios no século XII a.C. provocou a desestruturação dos povoados e espaços urbanos da Grécia Antiga, com o enfraquecimento do comércio, o fim do uso da escrita e a fuga da população para regiões distantes. A sociedade da Grécia Antiga passou a apresentar, então, fortes características rurais, caracterizando-se o início do período Homérico, que se estendeu até o século VIII a.C.
A base da organização da sociedade eram as unidades familiares, denominadas genos, cada qual liderada por um patriarca, que desempenhava funções de sacerdote, juiz e chefe militar e cujo poder era transmitido hereditariamente do pai para o filho mais velho.
Os membros de cada genos cultuavam um ancestral comum, em geral considerado descendente dos deuses ou heróis. A terra, os equipamentos e todos os bens produzidos pertenciam à comunidade. A subsistência era garantida por uma produção que envolvia a maior parte dos integrantes dos genos, sob a liderança do patriarca.



O período Homérico recebe este nome devido à grande importância cultural que teve o poeta Homero, ao descrever os acontecimentos da época em suas duas grandes obras: a Ilíada e a Odisséia. O nome "Ilíada" veio da palavra Ilion, que em grego significa Tróia. Temos, assim, a história da Guerra de Tróia. Já o nome "Odisséia" vem da palavra Odisseu que em grego significa Ulisses. Essa obra conta as aventuras de Ulisses, ao voltar à sua terra natal após a eclosão da Guerra de Tróia. É justamente nesse período que começa a divisão dos grupos familiares na Grécia Antiga. As famílias que tinham um descendente comum formavam um clã denominado geno Estes se aglomeravam, formando as fratrias que, unidas geravam as tribos. Quando algumas tribos se aliavam, geralmente pela ameaça de um inimigo comum, era criada uma cidade-estado.



Com a fragmentação dos genos, surgiram as classes e desigualdades sociais e ainda dois problemas vieram à tona: primeiro a dispersão da população por outras áreas da Ásia menor e a formação de uma oligarquia da aristocracia rural. Essas mudanças dão fim ao período homérico da história grega.


Reflexão:
1. Veja a imagem do Cavalo de Tróia. O que você sabe sobre a Guerra de Tróia?
2. Explique as principais características do período Homérico.
3. Explique por que o livro 'Odisséia' é considerado uma das principais evidências históricas do período Homérico.
4. Diga quem foi Homero.
5. Observe o mapa. Diga o nome de três mares que banham a Grécia.
6. Quem liderava o genos?
7. Quais as consequencias da fragmentação dos genos?

Referências:
SANTIAGO, Pedro. Por dentro da História.
http://www.mundoeducacao.com.br/historiageral/periodo-homerico.htm
http://www.waibson.com.br/images/MundoGrego.jpg

Viagens no passado e no presente. Trabalho de Pesquisa

Durante a época do Renascimento, das Grandes Nevegações, as pessoas adoravam ouvir histórias e relatos de viagens.



Pesquise:
1. Quem foi Marco Pólo?
2. Que viagens ele fez?
3. O que ele relatou?
4. Quais os efeitos/impactos dos seus relatos sobre os europeus?



Atualmente existem algumas revistas e livros que contém relatos de viagens realizadas por pessoas comuns, jornalistas, pesquisadores, turistas, etc.
a. Cite o nome de pelo menos duas publicações nesse sentido (revista, livro).
b. O que essas publicações relatam?
c. Encontre e relate uma descrição de viagem inusitada, diferente, que chamou sua atenção.
d. Por que as pessoas se interessam por esse tipo de relato hoje?