domingo, 19 de abril de 2009

Imagens da Idade Média

Observe as imagens e analise-as conforme instruções / solicitações:



1. Que elementos da sociedade medieval você consegue perceber nesta imagem?







2. As imagens acima mostram um mosteiro e alguns monges. O que faziam os monges?




3. O que os servos estão fazendo? Quais eram as atividades desempenhadas pelos servos, além do trabalho agrícola?







4. A partir das duas imagens acima, discorra sobre a alimentação da população medieval.

terça-feira, 14 de abril de 2009

Cidades-estados gregas: Esparta e Atenas

As Pólis eram conhecidas como cidades-Estados, porque eram como cidades mas cada uma tinha tanto poder, que até parecia um país.
Duas Pólis se destacaram: Atenas e Esparta…



Esparta
Esparta era cercada de montanhas, numa área de difícil acesso. A sociedade era muito guerreira. Todos os homens eram treinados e se tornaram os melhores e mais disciplinados soldados da Grécia. Os espartanos tinham leis muito rígidas, dois reis para governar e eram os grandes rivais de Atenas.

Esparta foi fundada pelos dórios, que conseguiram dominar os aqueus e se apossaram de suas terras. Cercada por montanhas, não tinha saída para o mar. Assim, não desenvolveu o comércio e a navegação.
A sociedade estava dividida em três grupos sociais:
Esparciatas - guerreiros, descendentes dos dórios. Eram a camada dominante, detentora das terras e possuía direitos políticos.
Periecos - os aqueus que nao resistiram aos invasores. Eram homens livres, mas sem direitos políticos. Atuavam como camponeses, artesãos e comerciantes. Em época de guerra, eram convocados para o serviço militar.
Hilotas - a maioria da população. Eram servos do Estado e trabalhavam nas terras dos esparciatas.
Os hilotas tinham vida miserável, estavam expostos à violência, exerciam várias atividades e revoltavam-se com frequência.



A organização do poder político era feita de maneira a manter os privilégios da camada dominante. Os principais órgãos políticos eram:
Diarquia - formada por dois reis.
Gerúsia - era o conselho dos anciãos, composta por pessoas com mais de 60 anos que fiscalizavam e administravam os assuntos do governo.
Ápela - uma assembléia popular formada por cidadãos com mais de 30 anos.


Atenas
Atenas estava localizada perto do mar. Por isso, era um dos principais centros exportadores da Grécia. Esta pólis era poderosa, ficou muito rica… mas a quantidade de escravos crescia e lutava por mais direitos.



Localizada na Ática, nas proximidades do mar Egeu, formou-se com o ajuntamento de tribos jônicas. Desenvolvia o artesanato e o comércio.
A sociedade era formada pelas seguintes camadas:
Eupátridas - os 'bem nascidos', tinham privilégios, eram os grandes proprietários de terras.
Geomores - pequenos proprietários de terras.
Demiurgos - comerciantes e artesãos.
Metecos - eran os estrangeiros que moravam em Atenas e se dedicavam ao comércio e ao artesanato.
Escravos - prisioneiros de guerra e pessoas condenadas por dívidas.
A vida do escravo eram muito difícil. Alguns trabalhavam nas minas de prata, outros nas atividades domésticas e até mesmo na prostituição. As fugas eram frequentes.

A organização do poder se dava com um rei intitulado basileus. A monarquia foi a primeira forma de governo. Aos poucos, os eupátridas passaram a limitar o poder do rei.

Aos poucos, artesãos e comerciantes enriqueceram e passaram a reivindicar participação política. Daí, houve confronto entre os grupos sociais e para resolvê-las foi necessário algumas reformas. Essa é outra história.



Atividades:

1. Compare Esparta e Atenas, destacando:
a) O processo de formação das cidades.
b) A organização do poder.
c) A divisão dos grupos sociais.
d) O tratamento dado aos escravos.


2. O que Esparta e Atenas tinham de comum? O que tinham de diferente?



Referências:
MOCELIN, Renato e CAMARGO, Rosiane. Passaporte para a história.
ORDONEZ, Marelene. História. Antiguidade e Período medieval.
SANTIAGO, Pedro. Por dentro da história.