terça-feira, 5 de janeiro de 2016

América Espanhola

1. A mineração foi a atividade econômica mais importante da América Espanhola durante o período colonial. Múltiplos fatores condicionaram a formação e a decadência dos complexos mineradores do altiplano andino e do planalto mexicano. Assinale a modalidade de mão-de-obra que predominou nas minas de prata dos referidos complexos, durante os séculos XVI e XVII.
a) Indígena, submetida ao trabalho compulsório.
b) Negra, submetida ao trabalho escravo.
c) Européia, no regime de trabalho assalariado.
d) Indígena, adaptada ao trabalho livre.
e) Indígena, no regime de trabalho voluntário.

2. Na América Colonial Espanhola, no século XVI, as populações nativas foram utilizadas em diversas relações de trabalho. Dentre essas, uma das mais rentáveis para a Coroa foi a que permitia aos espanhóis cobrarem tributos dos nativos em gêneros ou prestações de trabalhos nos campos. Essa forma de trabalho era denominada:
a) "Mita".    b) "Obrajes".    c) "Cabildos".    d) "Encomienda".    e) "Ayuntamientos".

3. Sobre as Universidades na América Colonial, é possível afirmar que:
a) as Coroas portuguesa e espanhola, preocupadas desde o início do período colonial com a questão da educação, criaram universidades já no século XVI.
b) No Brasil não foram criadas universidades no período colonial e na América Espanhola elas tiveram apenas existência efêmera, não havendo real interesse em sua manutenção.
c) as Coroas portuguesa e espanhola, envolvidas com a implantação de um sistema de exploração, não cuidaram da criação de universidades em suas colônias.
d) assim como Salamanca serviu de modelo para a organização das universidades da América Espanhola, Coimbra foi modelo no Brasil e em Goa, na Índia.
e) enquanto no Brasil não foram criadas universidades no período colonial, na América Espanhola, já no século XVI, foram fundadas a universidade de São Marcos de Lima e a do México.

4. “Criollos” e “Chapettones” eram respectivamente:
a) Os espanhóis e os mestiços.
b) Os naturais da América e os espanhóis.
c) Os mestiços e os precursores da independência.
d) Nenhuma delas é correta. 

5. A colonização espanhola caracterizou-se largamente pelo que faltou à portuguesa: por uma aplicação insistente em assegurar o predomínio militar, econômico e político da metrópole sobre as terras conquistadas, mediante a criação de grandes núcleos de povoação estáveis e bem ordenados”. HOLANDA, Sérgio Buarque de. Raízes do Brasil. Rio de Janeiro: José Olímpio, 1962

O trecho acima indica uma das principais diferenças entre a colonização espanhola e a portuguesa na América. Analise as afirmativas abaixo, colocando V ou F.

(   ) os espanhóis se lançaram desde cedo ao interior do continente americano, fazendo das cidades um instrumento de dominação colonial, ao passo que os portugueses se mantiveram longo tempo apegados ao litoral, explorando o pau-brasil e a lavoura canavieira.

(   ) os espanhóis cuidaram, desde o século XVI, de montar uma estrutura eclesiástica poderosa, ao contrário dos portugueses, cuja colonização eclesiástica se limitou, em grande medida à ação dos jesuítas.

(   ) os espanhóis não escravizaram negros, somente índios, ao passo que os portugueses fizeram do tráfico africano a base da economia colonial.

(   ) os espanhóis foram racistas em relação aos índios, africanos e mestiços, chegando mesmo a construir um “sistema de castas”, ao contrário dos portugueses, que desde o início se miscigenaram com índios e negros.

6. De que forma a Espanha dividiu suas terras conquistadas?

7. Quais foram as duas principais atividades econômicas realizadas nas colônias espanholas da América?

8. Que mão-de-obra foi utilizada em cada uma dessas atividades?

9. O que era o sistema da encomienda?

10. O que era e qual a função dos cabildos?

11. A respeito dos Astecas, comente as características urbanas de Tenochtitlán.

12. Por que foi fundamental para os espanhóis construir a cidade do México sobre Tenochtitlán?

13. "... a espada, a cruz e a fome iam dizimando a família selvagem..." (Pablo Neruda) O poeta refere-se à conquista espanhola da América. Analise o sentido histórico de suas palavras.